a chuva não cai da lua

8 baldes de zinco, roldanas de metal, impressão digital s/ papel fotográfico, impressão digital plastificada, corda, água, pedras, areia, terra

8 zinc buckets, metal pulleys, digital print on photo paper, digital print plastified, rope, water, stones, sand, soil

 

​​

A chuva não cai da Lua é uma instalação que fala de desequilíbrios para denunciar uma situação de violência, uma realidade vergonhosa num mundo que se diz «globalizado».

 

Desde 1969 que se consegue levar o homem à Lua. Contudo, aqui, na Terra, não se tem levado um bem essencial como a água a todos os que dela necessitam.

 

Mulheres e meninas que vivem em zonas rurais do mundo em desenvolvimento são as que mais sofrem com esta condição. Em certas sociedades, são elas as responsáveis pela existência de água potável no lar, o que as obriga a caminhar mais de cinco horas por dia e a carregar vários litros de água. Esta obrigação, que as torna potenciais vítimas de agressão, violência e discriminação, conduz também ao absentismo escolar das meninas e limita a participação das mulheres na vida social.

Apesar do avanço tecnológico que se tem verificado nas últimas décadas e de haver água suficiente para todos no mundo, há que considerar que mil e cem milhões de pessoas não contam com este recurso.​

A chuva não cai da lua is an installation that speaks of disproportions that report to violent situations. A shameful reality in a world that calls him self "globalized".

 

Since 1969 that man walks on the moon yet, here on earth, no one has taken an essential need like water to all human being.

Most women and little girls living in rural areas of the developing world are suffering from this condition. In some societies, they are responsible for the availability of drinking water at home, walking more than 5 hours per day and carrying several gallons of water.
This, in addition to taking the girls to a high rate of absence and the low participation of women in social life, also exposes them to various situations of violence: abortion (in case of pregnancy), rape, discrimination and aggression.

Despite of the technological progress that has been developed trough the last decades and the fact that there is enough water for everyone in the world; this is a situation that contrasts with the 1.1 million people who do not have this resource.

Andrea Inocêncio, 2008

 

 

 

​​​
1/1

© 2019 andrea inocêncio. all rights reserved.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now